Centrais a carvão na edição desta semana de Ambiente em FM

NunoSequeiraVerao2016.jpgO ministro do Ambiente afirmou recentemente acreditar ser possível as centrais de produção de energia portuguesas deixarem de utilizar carvão antes de 2030.

Portugal tem duas centrais a carvão, uma da EDP em Sines e outra da Tejo Energia no Pego e importa 5,5 milhões de toneladas de carvão por mês da América Latina, Cuba e África, segundo dados do Laboratório Nacional de Engenharia e Geologia (LNEG).

Ambas têm contratos com o Estado que estão quase a terminar. A da EDP em Sines em 2017 e a da Tejo Energia, no Pego, em 2021, o que pode ditar o seu encerramento.

Na edição desta semana de Ambiente em FM, Nuno Sequeira, da Quercus, fala acerca das centrais a carvão.

Share on FacebookTweet about this on Twitter