Município de Montemor avança com obra no cineteatro Curvo Semedo em 2024

A tão desejada obra do cineteatro Curvo Semedo, em Montemor-o-Novo, será uma realidade já no próximo ano.

Ainda que com uma possibilidade de financiamento “não tão grande” como o Município gostaria, diz o presidente da Câmara, Olímpio Galvão, a intervenção irá tornar aquele equipamento num espaço “mais digno e com as devidas condições, à imagem de toda a dimensão cultural e artística que o concelho tem”.

“Este Executivo decidiu avançar com as obras, independentemente da existência, ou não, de fundos, mas, neste planeamento dos Fundos Comunitários para o próximo Quatro Comunitário, e em conversas com a CIMAC e a CCDR Alentejo, neste momento, existe já uma possibilidade de financiamento de, pelo menos, 50 por cento”, adianta.

Este, recorda Olímpio Galvão, é projeto com “três décadas de intenções”, que só será “desbloqueado” pelo atual Executivo, num investimento de cerca de três milhões e 500 mil euros.

A requalificação do cineteatro, explica ainda o autarca, inclui intervenções em todo o espaço de plateia, primeiro balcão e palco. “Todo o tipo de cadeiras e todas as inclinações irão ser pensadas para o maior conforto e não podemos descurar a qualidade acústica que o cineteatro tem”, acrescenta, dando conta que, terminada a obra, aquele equipamento municipal irá permitir um melhor acesso a pessoas com mobilidade reduzida.