Exposição “Chiado, Carmo, Paris: Os Caminhos de Salgueiro Maia”

O Projeto “Chiado, Carmo, Paris”, já com 15 anos de existência e desde o início coordenado pelo Prof. José Quaresma, docente na Faculdade de Belas Artes da Universidade de Lisboa, voltou, em 2024, a ter Arraiolos como um dos locais centrais, que assim, neste ano em que Salgueiro Maia é a figura central do projeto, se une a Lisboa, Castelo de Vide, Bolonha, Lodz e Paris. O projeto “Chiado, Carmo, Paris”, no ano em que se celebram 50 anos do 25 de Abril de 1974, homenageia Salgueiro Maia com um conjunto alargado de exposições, conferências e a edição de um livro de ensaios que é também catálogo das obras que figuram nas várias exposições.

Em Arraiolos, depois da inauguração da exposição no Centro Interpretativo do Tapete de Arraiolos, no dia 6 de junho, realizou-se no último domingo, dia 16 de junho, a apresentação do livro de ensaios e a conferência intitulada “Os caminhos de Salgueiro Maia”, no salão nobre dos Paços do concelho, onde investigadores de diferentes áreas proferiram comunicações sobre o tema.