Hermínia Vilar eleita reitora da Universidade de Évora

Hermínia Vilar foi ontem, 31 de março, eleita reitora da Universidade de Évora. Os resultados do processo eleitoral foram conhecidos na sequência da reunião deliberativa do Conselho Geral da Universidade de Évora, órgão a quem compete estatutariamente a eleição do Reitor, no Colégio do Espírito Santo da Universidade de Évora.

Hermínia Vilar, professora associada com Agregação do Departamento de História, diretora e investigadora no Centro Interdisciplinar de História, Culturas e Sociedades (CIDHEUS), assume assim a Reitoria da Academia alentejana nos próximos quatro anos.

Para a professora Hermínia Vilar esta é uma enorme honra e agradece ao Conselho Geral a confiança que nela depositou. Tal como teve oportunidade de referir no processo de candidatura, o seu compromisso é com o desenvolvimento e a consolidação da Universidade, com a sua projeção nacional e internacional, salvaguardando o seu importante papel na coesão regional e no desenvolvimento da região.

Hermínia Vasconcelos Vilar tem 59 anos e exercido funções docentes na Universidade Évora ao longo dos últimos 32 anos. Doutorada em História Medieval na Universidade de Évora (1998), onde exerce presentemente as funções de professora associada com agregação. Vice-reitora para o Ensino e Formação da Universidade de Évora (2010-2014). Membro do Conselho Geral da Universidade de Évora (desde 2016, tendo sido o representante docente mais votado). Tem desempenhado múltiplos cargos na Universidade de Évora para que foi eleita, nomeadamente vice-presidente do Conselho Científico da Área Departamental de Ciências Humanas e Sociais (2005-2007), membro do Conselho Científico da Universidade (2019-2021), membro do Conselho Científico do Instituto de Investigação e Formação Avançada (2015-2021), membro do Conselho Científico da Escola de Ciências Sociais (2015-2021), presidente do Conselho do Departamento de História (2001-2003; 2009-2010) e diretora do CIDEHUS – Centro Interdisciplinar de História, Cultura e Sociedades (desde 2019). Vice-presidente da Sociedade Portuguesa de Estudos Medievais (2014-2017) e membro de outras Associações Científicas nacionais. Autora de diversos livros e de obras científicas, tendo integrado diversos júris de provas académicas e de prémios, painéis de avaliação e conselhos editoriais.