Central de Valorização Orgânica no Aterro Intermunicipal de Vila Ruiva/Cuba inaugurada ontem

Foi inaugurada a 12 de março a Central de Valorização Orgânica (CVO), no Aterro Intermunicipal de Vila Ruiva/Cuba, da responsabilidade da Associação de Municípios do Alentejo Central (AMCAL).

Destinada ao tratamento de biorresíduos recolhidos seletivamente através do sistema de recolha porta-a-porta, a construção da central ascende a um investimento total de 9 milhões de euros, cofinanciada pelo POSEUR.

Este novo equipamento que dispõe de uma capacidade anual de processamento de 10 mil toneladas, vai receber os biorresíduos recolhidos seletivamente nos cinco municípios associados – Alvito, Cuba, Portel, Viana do Alentejo e Vidigueira-, implementando uma solução de tratamento de proximidade adaptada ao setor.

Equipamento estruturante para o prosseguimento da estratégia municipal de desenvolvimento de soluções ambientalmente e financeiramente mais sustentáveis, o tratamento dos biorresíduos visa a redução significativa da deposição de resíduos urbanos em aterro.