Idosos de Montemor são desafiados a manterem-se em movimento

Com o objetivo de manter os idosos em movimento, a União de Freguesias de Nossa Senhora da Vila, Bispo e Silveiras continua a promover, através de uma parceira com o Hospital de São João de Deus, todas as semanas, várias sessões de movimento ativo, em cinco associações de reformados de Montemor-o-Novo.

De acordo com a fisioterapeuta Edite Menino, uma das responsáveis pelo projeto, iniciado em 2018, pretende-se, acima de tudo, “aumentar a expectativa de uma vida saudável” e promover “a autonomia e independência” de pessoas com idade igual ou superior a 55 anos.

Passando de sete para cinco locais, onde se realizavam inicialmente estas sessões, explica Edite Menino, o projeto “Idosos em Movimento”, retomado em fevereiro deste ano, esteve parado durante o período de pandemia. “Dois dos locais, por falta de pessoas, foram desativados, também porque as pessoas foram envelhecendo e foram deixando a atividade”, revela.

Nestas sessões, para além de se promover uma troca de saberes, o espírito de entreajuda e a criatividade, procura-se, entre outros, combater o isolamento social e estimular a mobilidade e o movimento. “Trabalhamos desde a coordenação, o equilíbrio, a marcha; fazemos também um trabalho de prevenção de quedas e um melhor desempenho nas atividades da vida diária”, adianta a fisioterapeuta.

Com quase 80 pessoas a frequentar, atualmente, estas sessões desenvolvem-se às segundas, quartas e sextas-feiras: às segundas, nas Silveiras, das 9h30 às 10h30, e no Reguengo, das 10h45 às 11h45; às quartas, no Cortiço, das 9h30 às 10h30, e em São Geraldo, entre as 10h45 e as 11h45; às sextas, em Montemor, das 9h30 às 10h30.

Quem quiser experimentar estas classes de movimento ativo deve aparecer numa das sessões ou informar-se junto de cada associação.