GUS vence em Arraiolos e Canaviais festeja título na Elite

Neste domingo, 30 de abril, na Liga Elite, jogou-se a 21.ª jornada, com o Grupo União Sport (GUS) a deslocar-se até ao Campo Cunha Rivara, em Arraiolos, onde ganhou por 0-4 ao Lusitano Arraiolense, na penúltima jornada do campeonato. Também na Elite, o Cabrela, após estar a perder por 0-2, deu a cambalhota no marcador e ganhou por 3-2 ao Alcaçovense. Com a vitória do Canaviais por 2-1 com Monte Trigo, sagra-se campeão da Elite, beneficiando do empate entre Vendas Novas e Atlético de Reguengos.

Sobre a deslocação do União a Arraiolos, a turma unionista efetuou muitas alterações no 11 inicial, com 5 habituais titulares a estarem de fora das escolhas iniciais. A partida iniciou com natural ascendente do União. Após ameaçar por Bruno Machado, aos 15 minutos, o GUS alcançou o golo inaugural, numa jogada de envolvimento da equipa treinada por João Guerra, com Fábio Capela, à saída do guardião contrário, a rematar em arco para o primeiro golo da tarde. Aos 20 minutos, Rodinhas teve tudo para empatar, mas desperdiçou, disparando ao lado da baliza à guarda de Nuno Brás, que neste jogo regressou à titularidade. Aos 25 minutos, o Arraiolense sofre contrariedade, com Jonatan a ser substituído devido a lesão, por Rafael Serra. A equipa da casa tem nova grande oportunidade, aos 28 minutos, mas Ronaldo não consegue acertar bem de cabeça no esférico. Aos 30 minutos, num golo em muito semelhante ao primeiro, o União alcança o 0-2, desta feita por Gonçalo Catalão, com a bola ainda a beijar a base do poste do Arraiolense. Já em cima dos 45 minutos, Bruno Machado efetuou um excelente remate mas a bola foi ao poste esquerdo. Ainda antes do intervalo, nova má notícia para o Arraiolense, com Paulo Oliveira a ser rendido por Pinto, também por lesão, fazendo com que o Arraiolense ficasse sem jogadores de campo no banco de suplentes, ficando apenas ao lado do treinador Hélio Borges o guarda-redes suplente. Ao intervalo, o GUS vencia por 0-2,num resultado que era justo.

A 2.ª parte iniciou com uma alteração no GUS, com Miguel Manjerico, que vem de longa recuperação de lesão, a ser rendido por João Semedo. O jogo estava morno, quando Thalison foi para jogo, aos 65 minutos, entrando para o lugar de Gonçalo Catalão. Pouco depois, Thalison tem perdida incrível, falhando a oportunidade para fazer o 0-3, algo que iria concretizar, aos 80 minutos, com um remate forte e colocado a fazer balançar as redes à guarda de Patrick. Já antes, João Guerra havia procedido à 3.ª substituição, com Tomás Silva a entrar para o lugar de Luís Madeira. O Arraiolense teve oportunidade para o golo de honra, diga-se merecido, com Rafael Serra a cabecear à vontade, mas sem corresponder bem ao cruzamento de Rodinhas. Aos 87minutos, Capela cruzou para Bruno Machado fazer o 0-4 final, um tento muito criticado pelo Arraiolense, já que o guarda-redes Patrick estava lesionado, tendo inclusivamente de ser substituído. Ainda antes do final da partida, João Guerra deu oportunidade para os jovens jogadores Sálio, Minhoca e Gonçalo Ambrósio de irem a jogo, de modo a somarem minutos na equipa principal. Em síntese, foi um jogo tranquilo e uma vitória natural do GUS.

Resultados:
Liga Elite > 21.ª jornada
Sporting Viana Alentejo 1-1 Arcoense
Estrela de Vendas Novas 2-2 Atlético Reguengos
Redondense 3-0 Portel
Arraiolense 0-4 Gr. União Sport
Canaviais 2-1 Monte Trigo
Cabrela 3-2 Alcaçovense

Classificações:
1 GDR Canaviais 51
2 At. Reguengos 46
3 U. Montemor 46
4 Estrela Vendas Novas 38
5 Redondense 29
6 Alcaçovense 25
7 Arcoense 24
8 Sp. Viana 23
9 Monte Trigo 22
10 GD Portel 21
11 GD Cabrela 17
12 Arraiolense 10