Jovem elvense lança o seu primeiro vinho “Idealizado”

O jovem elvense João Barroso (na foto) lançou, recentemente, o seu primeiro vinho, de produção própria, intitulado “Idealizado”.

Idealizado surgiu de um projeto pessoal e que já há algum tempo estava no horizonte do jovem. Com o surgir da pandemia, João Barroso achou que “era oportunidade ideal. Abordei um familiar meu, o Luís Louro, que tem uma adega em Estremoz, e ele disse que me podia ajudar. No dia 14 de janeiro, feriado em Elvas, o meu primo disse-me: do que estás à espera? Não podemos fazer grande quantidades mas tens aqui a minha adega para fazer alguma coisa”.

O Idealizado conta com três castas alentejanas, Arinto, Atão Vaz e Roupeiro, e assume-se como “um vinho aromático, elegante e fácil de beber, ideal para partilhar momentos bons e maus”.

Todo o processo durou um ano. Ver o produto final já engarrafado “foi uma sensação muito boa. Esperar custa mas ver o produto e a garrafa rotulada é muito bom”, garante João Barroso.

O vinho, que contou com a produção de 800 garrafas, pode ser adquirido através das redes sociais do João Barroso, em Elvas, Lisboa e Estremoz. A edição 2022 já está a ser produzida também.