Município de Montemor abre candidaturas a bolsas de estudo para ensino superior

O município de Montemor-o-Novo volta a atribuir, este ano letivo, bolsas de estudo para os jovens do concelho que frequentem ou tenham ingressado este ano, no ensino superior.

Para os alunos que ingressam este ano, no ensino superior, as candidaturas decorrem até dia 28 de outubro, de forma presencial, até às 16.30 horas e de forma online até Às 23.59 horas, já os alunos que estejam já a frequentar esta valência de ensino as candidaturas terminam a dia 7 deste mês. O vice presidente da Câmara de Montemor, Henrique Lopes adianta que “o total de verba para estas bolsas é de 100 mil euros, o ano passado foram atribuídas 74 bolsas, onde o teto máximo foi 160 euros mensais, mas o número de bolsas a atribuir é variável”.

O vice-presidente adianta ainda alguns dos documentos que são necessários para a candidatura às bolsas de estudo, para alunos que ingressem este ano no ensino superior: “certificado de composição do agregado familiar e tempo de residência no concelho, atribuído pela Junta de freguesia, documento comprovativo da titularidade do curso e certificado de matrícula, fotocópia de declaração de IRS e nota de liquidação, relativo a 2021, caso algum elemento se encontre em situação de desemprego, deve ser entregue o comprovativo da segurança social, bem como encargos com habitação”, entre outros.

Para os alunos de segundo ou terceiro ano, os documentos são os mesmos, mas é ainda solicitado o aproveitamento escolar do ano anterior. Henrique Lopes refere que “há uma matriz para atribuição de bolsas de estudo, o aproveitamento escolar tem cotação de 30%, rendimento mensal, per capita, do agregado familiar com 60%, localização da instituição de ensino superior 5% e outros trabalhos extracurriculares e participação social também com 5%”.

As candidaturas são depois analisadas por um júri proposto pela Câmara Municipal, “composto por número ímpar de membros, indicado também por um elemento do Agrupamento de escolas e a decisão é acompanhada de um relatório com a respetiva fundamentação, e o município pode pedir esclarecimentos ou informações, ao agradado familiar”, revela o vice-presidente”.

Este, acrescenta Henrique Lopes, assume-se como um “instrumento fundamental que a autarquia e os serviços de educação proporcionam aos munícipes e, constitui-se um processo que em muito vai ajudar as famílias com mais dificuldades e premiar os alunos com mérito escolar”.

Município de Montemor que volta a atribuir bolsas de estudo para jovens do concelho que estudem no ensino superior. Todas as informações podem ser consultadas nos editais disponíveis abaixo: