Cinco Conversas Históricas em Évora

No âmbito da iniciativa “Conversas Históricas”, promovida pelo Instituto Cultural de Évora, vai realizar-se um ciclo de conversas informais relacionados com trabalhos de alunos finalistas e de mestrado do curso de História, Arqueologia e Património Cultural da Universidade de Évora. Todas as conversas históricas são realizadas na Rua Fernanda Seno, 20-B, em Évora.

As datas e oradores são os seguintes: Beatriz Felício, 20 de maio (sexta-feira), às 17.30 horas, com o tema “Narrativas da Conversão Forçada dos judeus em Portugal nas crónicas de D. Manuel I”; Manuel Canudo, no dia 29 de maio (domingo), às 17.30 horas, com o tema “Os usos da ideia, imaginário e memória de “cruzada” no século XX Português. Um estudo de caso na ditadura salazarista (1930 – 1945)”; Duarte Fernandes, a 19 de junho (domingo), às 16.30 horas, com o tema “Resistentes: A História do Heavy Metal Em Portugal – Década de 1990”; João Matos, no dia 24 de junho (sexta-feira), às 17.30 horas, com o tema “Monetarização da economia do Algarve Romano: as cunhagens locais na viragem da Era”; e José Relíquias, a 26 de junho (domingo), às 17.30 horas, com o tema “O Vinho de Talha enquanto Património Cultural Imaterial”.

A entrada é livre. Esta iniciativa é promovida pelo Instituto Cultural de Évora e integra o projeto Ebora Antiqua, com o apoio do Núcleo de Estudantes de História da Universidade de Évora, do Instituto Português do Desporto e Juventude e do Corpo Europeu de Solidariedade.