Futebol: Lavre vence Carapuções no Inatel de Santarém com hat-trick de Diguinho

Após uma semana difícil, em que o Lavre não conseguiu treinar devido a casos de covid no plantel, e com uma derrota caseira na última jornada, o Lavre viajou este sábado 12 de março até Carapuções, onde estava obrigado a ganhar para continuar unicamente a depender de si próprio para alcançar os 1/4 final da competição.
No aquecimento, mais 1 contrariedade, com o guarda-redes Hugo, a perceber que ainda não estava em boas condições físicas, cabendo a Rui Borralho mais uma vez a coragem de assumir a baliza.
A formação do Lavre entrou bem na partida, com uma grande oportunidade a surgir aos 10 minutos, com João Godinho a rematar já dentro da área por cima. O primeiro golo acabou por surgir pouco depois, de um lançamento em que João Godinho assiste Rui Godinho que, na cara do golo, colocou a bola na baliza. Os Carapuções abusavam do jogo direto, nunca criando lances de perigo. O segundo golo do Lavre acabou por surgir com naturalidade e justiça, depois de um mau alívio da defesa contrária, aparecendo Ricardo Godinho à entrada da área a fuzilar as redes contrárias. Até ao intervalo não houve grandes chances, um pouco devido ao agravar das condições climatéricas e consequentemente degradar do terreno.

No início da segunda parte a equipa da casa entrou mais forte e acabou por reduzir numa infelicidade de Fred que fez autogolo. Quando se pensava que o Lavre podia abanar, na resposta podia ter feito o 1-3, com Ruben a rematar ao lado, já dentro da área.
Passados 5 minutos surgiu o momento do jogo. O Lavre num lance em que podia ter isolado um jogador só com o guarda-redes pela frente, a bola toca o árbitro e sobra para um jogador dos Carapuções. O árbitro, e bem, interrompe o jogo e devolve a bola ao Lavre, que nesse preciso momento meteu a bola na área e Diguinho fez o 1-3. Os jogadores da casa reclamaram dizendo que houve falta de “fair play”, mas o que é certo é que o Lavre e o árbitro somente cumpriram as regras. A partir desse momento a equipa da casa desorientou-se e o Lavre acabou por fazer o 1-4, de livre direto, e depois o 1-5, num contra-ataque, ambos por Diguinho, alcançando assim o hat-trick e tornando-se no homem do jogo.

Termina assim a 1.ª volta do campeonato com o equilíbrio a ser nota dominante.

Neste momento, a classificação encontra-se assim definida:

1.º Santana 10 pts
2.º Figueiras 10 pts
3.º Lavre 9 pts
4.º Montinhos 8 pts
5.º Carapuções 3 pts
6.º Fajarda 2 pts

Na próxima jornada o Lavre desloca-se a Santana.