Estremoz é cidade contra a pena de morte

A Câmara Municipal de Estremoz decidiu, novamente, associar-se à iniciativa da Amnistia Internacional “Cidades pela Vida, Cidades contra a Pena de Morte”, a celebrar na próxima terça-feira, dia 30, segundo divulga o Município.

A autarquia indicou que, em colaboração com o grupo local da Amnistia Internacional, o pelourinho de Estremoz vai ser iluminado e serão colocadas, no centro da cidade, faixas alusivas à efeméride.

Segundo o município, em todo o mundo, são cerca de duas mil cidades que se declaram “Cidades pela Vida, contra a Pena de Morte”, sendo que, em Estremoz, esta celebração de 30 de novembro é realizada há 13 anos.