Adega Mayor e João Manuel Nabeiro distinguidos nos prémios “Mais Alentejo”

A Adega Mayor foi a grande vencedora da última edição dos prémios “Mais Alentejo”, na categoria “Mais Vinho”, sendo que também o administrador do Grupo Delta Cafés, João Manuel Nabeiro, foi distinguido com o prémio “Prestígio 20 anos Mais Alentejo”.

Rita Nabeiro garante que foi “com alguma surpresa” que, pela primeira vez, viu a Adega Mayor, da qual é CEO, já várias vezes nomeada, ser distinguida nesta gala. O prémio acaba por surgir num ano muito difícil, devido à pandemia: “todos nós e muitas empresas sentiram muitas dificuldades, em que, de alguma maneira, tentámos trabalhar, lutar e não desistir para vencer essas adversidades e torná-las numa força”.

“É um prémio para toda a equipa, porque esta equipa não só nunca baixou os braços, como continuou a trabalhar para fazer valorizar o nosso Alentejo e tentar promover, cada vez mais, os vinhos portugueses em Portugal, mas também pelos quatro cantos do mundo”, diz ainda Rita Nabeiro, assegurando que esta distinção tem um “sabor especial”.

Num total de 18 vencedores, foram ainda distinguidos, nas mais diversas categorias, a Carnalentejana (Mais Empresa); as Tapeçarias de Portalegre (Mais Tradição); Capela dos Ossos da Igreja S. Francisco, em Évora (Mais Património); a Casa das Talhas, na Vidigueira (Mais Prazeres & Sensações); o chefe Filipe Ramalho (Mais Chefe); a Tasca do Celso, em Vila Nova de Milfontes (Mais Manjares); o hotel Vila Galé Collection Alter Real, em Alter do Chão (Mais Dormidas); os azeites da Cartuxa (Mais Azeite); o ilustrador Hélder Teixeira Peleja (Mais Arte & Fotografia); a escritora Ana Margarida de Carvalho (Mais Literatura); o cantor Buba Espinho (Mais Música); a atleta Patrícia Mamona (Mais Desporto); o programa de televisão “Isto é Gozar com Quem Trabalha” (Mais Televisão Conteúdos); o filme “Surdina” (Mais Cinema); o ator João Catarré (Mais Representação); o jornalista Nuno Pereira (Mais Jornalismo); e a empresa Pepe Aromas (Mais Iniciativa & Inovação).

A cerimónia contou ainda com a atribuição de vários prémios de Excelência, Percurso e Prestígio. Entre eles, Pedro Abrunhosa recebeu o prémio Excelência, na Música; Carla Andrino o prémio Percurso, na Representação; José Raposo o prémio Percurso Cinema, Teatro & Televisão; o jornalista Joaquim Franco o prémio Excelência, em Jornalismo; o antigo futebolista António Simões o prémio Percurso, no Desporto; e os restaurantes Dom Joaquim e Dona Laura, em Évora, o prémio Excelência, na categoria de Gastronomia.

A votação para os Prémios Alentejo 2020, que decorreu online, registou o maior volume de sempre, com mais de dois milhões e 220 mil votos.