Espécies exóticas ameaçam as nativas dos rios de Portugal

As espécies invasoras, ou exóticas são animais, ou plantas provenientes de outros habitats, diferentes de Portugal, podendo ser altamente perigosas para as espécies nativas do nosso país, sendo altamente resistentes.

Luísa Sousa, bióloga do Fluviário de Mora explica que, as espécies nativas dos rios portugueses começam a estar extremamente ameaçadas, não só pelas alterações climáticas, como pela introdução de espécies exóticas, “que são introduzidas de outros rios e são uma grande ameaça para as nossas espécies”.

A bióloga alerta ainda para que “tenham respeito pelas espécies, neste caso nativas. Caso tenham um peixe em casa, uma tartaruga que não seja dos nossos rios, se acabarem por não terem espaço para as ter em casa, não as introduzam nos rios”, revelando que uma alternativa a isso pode ser a entrega do animal no Fluviário de Mora.

São várias as espécies que são transportadas para Portugal, acidentalmente, através de navios, introduzidos de forma negligente ou propositada para alimentar a pesca desportiva ou ainda despejados de aquários domésticos para ribeiras ou rios, sendo esta situação um factor de preocupação que ameaça as espécies nativas.