Sara Perestrela apresenta “Um calhau chamado Lua” este sábado em Évora

“Um calhau chamado Lua” dá título ao encontro informal e interativo, onde a Lua é o astro protagonista.

Sara Perestrelo, investigadora do Instituto de Ciências da Terra, da Universidade de Évora (UÉ), é a anfitriã deste encontro que decorre amanhã, dia 18 de setembro, pelas 19 horas, com uma caminhada a iniciar na Casa do Povo dos Canaviais, Évora.

“Dia 18 ela, a Lua, enche-se quase ao seu máximo e preenche o céu, e nós reunimo-nos para a contemplar. Neste encontro abordaremos um pouco a História da Humanidade aos olhos da Lua e aquilo que a mesma representou aos nossos olhos ao longo da nossa existência. Como surgiu? Que efeito tem na nossa Terra? Qual o seu papel no Sistema Solar? Estas e outras questões são abordadas ao sabor da curiosidade do público, numa caminhada ao luar. Diz-se que a Lua nos segue, mas hoje somos nós que a seguimos”, desafia a investigadora nesta atividade a não perder enquadrada no âmbito do Projeto Missão Ciência e Arte, uma parceria entre a Universidade de Évora e a Câmara Municipal de Évora, que integra um conjunto de ações de divulgação da Ciência que se faz na UÉ.