Festival Internacional de Dança Contemporânea arranca esta quinta-feira em Évora

Évora recebe, a partir de hoje, 16 de setembro, e até 2 de outubro, mais uma edição do Festival Internacional de Dança Contemporânea, que, durante estes dias, promete animar a cidade, com várias performances e workshops.

Esta é uma iniciativa organizada pela Companhia de Dança Contemporânea de Évora, com o apoio da Câmara Municipal, que este ano propõe uma resposta à pandemia, apresentando espetáculos em vários locais da cidade, bem como nas plataformas digitais, segundo explica Rafael Leitão, coreógrafo e responsável pelo festival.

Rafael Leitão revela que a programação do festival foi pensada tendo em atenção as lotações possíveis dos recintos disponíveis, na cidade de Évora, de forma a garantir todas as regras de segurança implementadas. Alguns dos espetáculos serão realizados online, uma iniciativa criada no ano passado que teve muita adesão, por parte do público. Este ano, para além da questão da pandemia, este formato permite chegar mais facilmente a diferentes públicos.

Rafael Leitão deixa o convite para visitar este Festival Internacional, que conta com “um conjunto de propostas extremamente aliciantes de linguagem, extremamente interessantes e inovadoras a nível coreográfico, estético e de composição”. O coordenador do Festival Internacional de Dança Contemporânea relembra ainda que esta “é uma oportunidade gigantesca das pessoas poderem usufruir de espetáculos bonitos” e de reconstruir a sua vida social, regressando a eventos culturais.