Percursos pedestres “Alentejo Feel Nature” no “Ambiente em FM”

O projeto “Alentejo Feel Nature”, uma iniciativa da Comunidade Intermunicipal do Alto Alentejo (CIMAA), conta, no distrito de Portalegre, 32 percursos pedestres: 29 de pequena e três de grande rota.

A iniciativa, tal como explica José Janela da Quercus, na edição desta semana do “Ambiente em FM”, já serviu para promover o território do Alto Alentejo, tendo como principais objetivos a conservação da natureza e a promoção da biodiversidade. “Visa a gestão ativa das áreas classificadas, a promoção, a conservação e a criação de um sistema de fruição pública/turística através de uma rede de percursos em natureza”, adianta.

Tendo em conta este projeto, as Câmaras Municipais do distrito começaram, em 2014, a formar técnicos para desempenhar diferentes funções: “trabalhar conforme o Regulamento de Homologação de Percursos Pedestres; efetuar a verificação da manutenção de percursos pedestres; identificar e definir itinerários pedestres: elaboração de projetos e acompanhamento e/ou direção de projetos de implementação de percursos pedestres; e prestar assistência técnica a entidades promotoras de percursos pedestres”.

Elvas, adianta ainda José Janela, conta com um percurso pedestre ao nível do projeto “Alentejo Feel Nature” – o da Torre de Bolsa, enquanto Campo Maior tem três: Percurso de Ouguela, Sentinela da Raia, o Percurso dos Grous e o Percurso Raiano entre Cal e Mel.

Os guias de cada um dos percursos são distribuídos gratuitamente em qualquer um dos postos de turismo do distrito de Portalegre, estando também disponíveis online, no site da CIMAA.