Festas de Mora assinaladas com fogo de artifício

Agosto e setembro são meses de festas e feiras anuais no concelho de Mora, mas, pelo segundo ano consecutivo, devido à pandemia, não se realizam. No entanto, de forma a assinalar estes eventos, a Câmara Municipal de Mora leva a efeito um espetáculo de fogo de artifício em cada uma das freguesias do concelho.

A iniciativa arrancou a 7 de agosto, por ocasião das Festas em Honra de Nossa Senhora de Brotas. Depois de Brotas, segiu-se um espetáculo pirotécnico em Malarranha, para assinalar as Festas em Honra de Nossa Senhora de Fátima. Segue-se Pavia, hoje, dia 5 de setembro, que seria o último dia das Festas do Santíssimo Sacramento. A ExpoMora vai assinalar-se a 12 de setembro e por último, Cabeção, por ocasião da Feira Anual, no dia 18. Todos os espetáculos pirotécnicos decorrem às 23 horas.

Para além do fogo de artifício, a Câmara Municipal de Mora tem vindo a trabalhar com algumas das comissões que, habitualmente, promovem as tradicionais festas nas freguesias, para, dentro das possibilidades, realizar mais algumas atividades, segundo revela o presidente, Luís Simão de Matos. “Em Brotas, onde havia a tradição da procissão, a procissão realizou-se, com a padroeira a percorrer, numa carrinha, as ruas”, revela o autarca.

Por ocasião da feira de Mora, o maior evento do concelho, o município irá assinalar o certame de uma “forma mais forte”, estando previsto um programa de televisão, a ser emitido a partir da vila.