Jovens voluntários contribuem para deteção de incêndios em Montemor

A Câmara Municipal de Montemor-o-Novo está a realizar, até final de setembro, mais uma edição do Programa de Voluntariado Jovem de Vigilância Florestal, numa iniciativa que conta com a colaboração dos Bombeiros Voluntários da cidade.

O comandante da Associação Humanitária, Luís Paixão, espera que daqui possam sair alguns jovens que venham a integrar, no futuro, a corporação montemorense, assegurando que, mais uma vez, a iniciativa está “a correr bem”. “A rapaziada está motivada, temos alguns elementos que estão a repetir a experiência este ano, mas também muitos jovens que estão a começar e que é o primeiro ano”, adianta.

Este ano, revela ainda Luís Paixão, cerca de quatro intervenções dos Bombeiros Voluntários de Montemor “que foram visíveis pelo Posto de Vigia do Castelo”. O comandante considera que o projeto tem “pernas para andar”, esperando que a autarquia consiga continuar a suportar os valores que a ele estão associados.

Para além dos bombeiros, é parceira do Município de Montemor, nesta iniciativa, a GNR.

Os jovens voluntários selecionados para participar neste programa contribuem, após formação, para a defesa da floresta contra incêndios, através da rápida deteção de colunas de fumo e do consequente encurtamento dos tempos de alerta e acionamento dos respetivos meios dos Bombeiros Voluntários.

O programa decorre em períodos de 15 dias, ininterruptos, incluindo fins de semana e feriados.