Produção de Vinho no Alentejo deve aumentar 5% este ano

A produção de vinho em Portugal deve aumentar, este ano, cerca de 1% em relação ao ano anterior, para um volume de 6,5 milhões de hectolitros, segundo divulgou o Instituto da Vinha e do Vinho.

Segundo a mesma fonte, o acréscimo global de produção, em relação à campanha anterior, é sustentado pela maioria das regiões vitivinícolas, destacando-se a região do Douro e Porto com o maior aumento de volume (+ 20%), já na região Alentejo prevê-se que o crescimento seja de 5%.

É nas regiões dos Açores (-25%), do Minho (-15%) e de Lisboa (-15%), onde se antecipam as maiores quebras de produção, face à campanha anterior. Apesar de alguma instabilidade meteorológica observada ao longo do ciclo vegetativo da cultura, no geral, as uvas apresentam um bom estado fitossanitário perspetivando-se a produção de vinhos de boa qualidade.

Segundo as contas feitas pelo Instituto da Vinha e do Vinho (IVV), a confirmar-se esta previsão na próxima vindima, corresponde a uma subida de 2% face à média das cinco últimas campanhas.