GNR de Évora apanha três pessoas a conduzir sem carta

O Comando Territorial de Évora da GNR, entre os dias 27 de julho e 1 de agosto, deteve quatro pessoas em flagrante: três por condução sem habilitação legal e um por tráfico de estupefacientes.

Foram também detetadas 378 infrações, na realização de operações de fiscalização no trânsito. Destas, a GNR destaca 48 por excesso de velocidade; 32 relacionadas com tacógrafos; dez relacionadas com anomalias nos sistemas de iluminação e sinalização; nove por falta de inspeção periódica obrigatória; quatro por falta de seguro de responsabilidade civil obrigatório; quatro por uso indevido do telemóvel no exercício da condução; três por falta ou incorreta utilização do cinto de segurança e/ou sistema de retenção para crianças; e duas por condução sob o efeito do álcool.

Ao nível da sinistralidade, foram registados 26 acidentes, dos quais resultaram quatro feridos leves.

No mesmo período de tempo, foram ainda passados nove autos de contraordenação: sete no âmbito da legislação policial e dois no âmbito da legislação ambiental.