Festival Sete Sóis Sete Luas volta para Montemor

O Festival Sete Sóis Sete Luas volta para Montemor-o-Novo, a terra onde nasceu em 1993, com a fundamental ajuda do grande escritor José Saramago.

De Montemor o Festival iniciou a sua grande viagem no Mediterrâneo e no mundo lusófono, celebrando em 1993 a geminação entre Montemor-o-Novo e Pontedera na Itália, terra de origem dos estudantes italianos que chegaram em 1991 pela primeira vez a Montemor-o-Novo.

Com o apoio do Município de Montemor-o-Novo, será apresentada uma vasta programação de música e arte que começa a 7 de agosto às 21.30 horas no Largo da Rua Ernesto Pinto Ângelo (bairro da CHE)  com o concerto da 7LUAS MED ORKESTRA, a nova produção original do Festival Sete Sóis Sete Luas  com direção musical do conceituado guitarrista português Custódio Castelo. O ensemble nasce do trabalho conjunto de seis prestigiados músicos provenientes das diferentes margens do Mare Nostrum, do mundo lusófono e crioulo. Partilham tradições culturais e criam temas musicais inéditos que testemunham a possibilidade de compreensão e de diálogo.

A 27 de agosto no Auditório do Parque Urbano às 21,30h, irá atuar a banda KORRONTZI (País Basco), fundada em 2004, é um dos grupos revelação da música do País Basco, que descobriu a antiga tradição do “trikitixa” (“concertina”). O grupo quer homenagear a cultura popular basca, dando-lhe uma lufada de ar fresco, com influências de todo o mundo, proporcionando um concerto cheio de energia e de alegria, onde a música e a dança se fundem num estado incandescente. Tudo isto, ao som dos temas compostos por Agus Barandiaran, cuja energia parece inesgotável.

De 28 de agosto a 4 de setembro  ZED1 (Florença, Itália) realizará uma pintura mural dedicada ao “Levantado do Chão”. Zed1 (Marco Burresi) é um dos street artist italianos mais talentosos, ativo na cena da arte urbana há mais de duas décadas. O artista cria obras de arte que muitas vezes transmitem mensagens humorísticas e escuras de comentário social e político.

Em seguida, de 17 de Setembro a 15 de Outubro, terá lugar em Montemor-o-Novo uma Exposição documental «Festival Sete Sóis Sete Luas em Montemor-o-Novo 1993- 1999». Exposição documental que conta com fotos, vídeos, recortes de jornais…os inesquecíveis momentos do Festival Sete Sóis Sete Luas em Montemor-o-Novo entre 1993 e 1999.

Para concluir de 17 a 30 de setembro, no Cineteatro Curvo Semedo “Saramago Mediterraneo”, a exposição internacional itinerante dedicada às personagens de José Saramago e inspirada nos valores das suas obras. O projeto reúne 41 obras de pequeno formato de 41 artistas internacionais, que colaboraram com o Festival durante os seus 29 anos de existência.

Evento a decorrer de acordo com todas as normas da Direção-Geral de Saúde, com lotação limitada. Bilhetes gratuitos no Posto de Turismo, no local do evento e em municipiomontemoronovo.bol.pt