Universidade de Évora recolhe opiniões sobre candidatura de Évora a Capital da Cultura

A Universidade de Évora quer perceber a opinião de quem vive e trabalha no Alentejo, sobre um conjunto de questões diretamente relacionadas à candidatura de Évora a Capital Europeia da Cultura em 2027.

Promovido no âmbito da candidatura de Évora a Capital Europeia da Cultura em 2027, o estudo é coordenado por André Carmo, professor do departamento de Geociências da Universidade de Évora e investigador do CICS.NOVA, no polo da Universidade de Évora.

O investigador sublinha que originalmente desenhado com o objetivo de valorizar a riqueza e a diversidade das culturas europeias e as características que partilham bem como de promover uma maior compreensão mútua entre os cidadãos europeus, o título de “Capital Europeia da Cultura” tem vindo progressivamente a representar, também, um fator de estímulo ao desenvolvimento sustentável e inclusivo das cidades candidatas.

Nesta dimensão, “Capital Europeia da Cultura” é simultaneamente “um título de prestígio e de destaque e um desafio às candidatas para projetar o futuro e reimaginar coletivamente a cidade, por esse motivo, a sua participação é muito importante”.

O questionário, que é anónimo, de resposta voluntária e com duração aproximada de 15 minutos, está disponível aqui.