Rui Nabeiro e a Medalha da Cidade de Lisboa: “um grande obrigado com o coração”

O Comendador Rui Nabeiro recebeu esta manhã, a medalha de Honra da Cidade de Lisboa.

No seu discurso agradeceu a distinção e afirmou que “o homem sempre que é reconhecido fica sempre mais homem e com mais obrigações, e eu como nunca receei as obrigações, fui sempre uma pessoa que as procurei, tratar bem, receber bem e viver de uma forma que o mundo bem precisava”.

Rui Nabeiro diz que “os homens todos deveriam viver não para si, sem esquecer de si próprios, mas têm a obrigação de pensar na comunidade”. “O que encontrei hoje foi um conhecimento da minha pessoa que é a mesma coisa que é não pensar só na própria Câmara, e pensar no cidadão que veio de Alentejo, mas que pertence ao mundo, e ao país”.

Referindo- se a si aos seus familiares o Comendador afirma “temos esse orgulho e uma forma de estar que é saber conquistar, saber estar próximo e caminhar pensando que a vida é de todos e a prova está, em que os dias passam e as dificuldades que as pessoas têm”, recordando que há que haver otimismo, que sempre teve lançado em si e no que os seu pais lhe ensinaram na vida.

Um grande obrigado com o coração, terminou o Comendador Rui Nabeiro.