Rugby Clube de Montemor volta a defrontar os melhores do país na próxima época

O Rugby Clube de Montemor-o-Novo vai disputar, na próxima época, uma vez mais, a Divisão de Honra da modalidade, depois de ter vencido, no playoff de acesso, a equipa de Santarém, no final de junho.

Segundo o treinador da equipa de seniores de Montemor, João Batista, o objetivo traçado para a temporada foi alcançado, ainda que não da forma que gostaria. “Gostávamos de ter ficado em lugares mais cimeiros, para que não tivéssemos que jogar o playoff, porque é um jogo a mais, um jogo que pode não correr bem e isso tirar-nos-ia aquilo que é o sonho de permanecer nesta divisão, no top do rugby em Portugal”, acrescenta.

João Batista garante ainda que os seus jogadores, tendo em conta a situação pandémica, conseguiram “ultrapassar o medo”, arriscando entrar em campo, a sua saúde e a dos seus familiares, em prol do clube. Por essa razão, tira-lhes “o chapéu”.

Já o jogador e vice-capitão da equipa de Montemor, Manuel Marques Santos, garante que a época, para si, que esteve lesionado e teve de ser operado, foi “atípica e imprevisível”, sendo que só no final da temporada foi possível “respirar de alívio”, depois de conseguirem assegurar a manutenção. Parado durante uns meses, devido à lesão, Manuel conseguiu, mesmo assim, regressar a tempo de participar nos últimos jogos.

“Uma luta diária”: assim descreve António Marques Santos, da direção do Rugby de Montemor, os últimos tempos vividos, garantindo que o objetivo passa sempre por manter o clube montemorense numa situação estável.