Meias-finais da Taça: jogo “sem favoritos” entre GUS e Alcaçovense, garante Cipriano Madeira

Neste domingo, 13 de junho, a partir das 17 horas, têm lugar as meias-finais da Taça Distrito de Évora Dinis Vital, num formato inédito. Assim vão ocorrer os jogos das meias-finais para passagem à grande final, mas também as meias-finais para decidir as passagens às finais do 2.º, 3.º, 4.º e 5.º lugar.

O Grupo União Sport recebe o Alcaçovense no Estádio 1.º de Maio. Para o campeonato os dois conjuntos não se chegaram a defrontar, tendo a equipa das Alcaçovas ficado no 4.º lugar, apenas com uma derrota e um empate.

Segundo Cipriano Madeira, treinador do União, ambas as formações querem chegar à final e têm 50% de hipóteses de o conseguir. Para o técnico, este é um jogo sem favoritos, mas o União tem todas as condições para passar. Ao contrário dos jogos da fase de grupos, Cipriano Madeira espera uma partida “mais repartida”. Quanto aos golos que o União tem sofrido, garante o técnico, são “fruto de desconcentração”.

Amanhã jogam-se, para além do Grupo União Sport – Alcaçovense, o Monte Trigo – Lusitano de Évora, nas meias-finais da prova.

Vão ainda ocorrer outras meias-finais para decidir outros lugares da classificação final.

Para o 2.º lugar: jogam-se Arcoense – Redondense e Aguiar – Portel;

Para o 3.º lugar: Fazendas do Cortiço – Cabrela e Oriola – Escouralense;

Para o 4.º lugar: Borbense – Bencatelense, sendo que o vencedor joga a final com Calipolense;

Para o 5.º lugar: Santana do Campo – Estremoz, vencedor joga final com Vera Cruz.