Vai falar-se português na final do Montemor Ladies Open

Francisca Jorge II 11 JUNFrancisca Jorge (Portugal) ou Bia Haddad Maia (Brasil). Uma destas tenistas vai atingir a final da 18.ª edição do Montemor Ladies Open.

Nos encontros dos quartos-de-final de singulares disputados hoje, a tenista vimaranense foi obrigada a aplicar-se para levar de vencida mais uma japonesa, a terceira esta semana, Eri Hozumi. Foram necessários três sets e 2 horas e 21 minutos para o fazer: 4-6, 6-2 e 6-3, foram os parciais.

Perante umas entrada forte da nipónica, Kika foi tentando contrariar o poderio da sua adversária, finalista vencida de pares em Roland Garros em 2018, mas não foi capaz de aguentar o ímpeto de Hozumi (388.ª WTA) que fechou a primeira partida por 6-4. Mas os sinais de recuperação eram evidentes, e consubstanciaram-se no segundo set, com a japonesa a não aguentar o regresso de Francisca Jorge, atual 432.ª do Mundo, ciente do que tinha que fazer para ser bem sucedida e acreditar na reviravolta. Empatou o duelo com um triunfo por 6-2, mas, no início da “negra”, viu Hozumi adiantar-se novamente e a criar o fantasma da derrota. Porém, a alma de Kika agigantou-se e a campeã nacional foi enorme na recuperação e fechou o encontro por 6-3 carimbando o passaporte para as semifinais.

Pela frente vai ter uma tenista que conhece bem, a brasileira Bia Haddad Maia, segunda cabeça-de-série e atual 225.ª do Mundo. A atual detentora do título desembaraçou-se da grega Valentini Grammatikopoulou, derrotando a helénica por 6-1 e 7-5 numa exibição bem conseguida mas onde sentiu alguns problemas com o serviço no final do segundo set. Agora será o reencontro de ambas depois da final do Funchal, em 2020 (na altura o resultado foi favorável a Bia).

Na outra meia-final vão estar a georgiana Mariam Bolkvadze e a japonesa Mai Hontama (a única sobrevivente das nove nipónicas que disputaram o quadro principal). Bolkvadze, primeira cabeça-de-série e 221.ª do Mundo, vingou a derrota infligida pela francesa Jessika Ponchet em Glasgow, corria o ano de 2019, por 6-3 e 6-1, aplicando precisamente o mesmo resultado aqui em Montemor. Quando a Hontama, a jogadora que figura na posição 293 na hierarquia mundial, travou a excelente prova que vinha a fazer a compatriota Lily Miyazaki, despachando-a em duas partidas, por 6-3 e 6-2.

Finalmente, nos pares, ainda hoje vão decorrer as meias-finais com os encontros: Ulrikke Eikeri (Noguega)/Valentini Grammatikopoulou (Grécia) vs Alicia Barnett (GRB)/ Olivia Nicholls (GRB) e Mai Hontama (Japão)/Chihiro Muramatsu (Japão) vs Eri Hozumi (Japão)/Akiko Omae (Japão).

Pode acompanhar diariamente as transmissões dos encontros deste Montemor Ladies Open em direto no site da ITF em:
https://live.itftennis.com/en/live-streams/