PT 21 Fest: Espaço do Tempo apresenta peças de teatro e dança em Montemor

Onironauta2O festival PT 21 Fest tem início hoje, 8 de junho, em Montemor-o-Novo, onde serão apresentadas ao público, até sábado, dia 12, oito peças de teatro, dança e performance, numa organização do Espaço do Tempo. Seis destas oitos peças foram escolhidas pelo júri da sétima edição da Plataforma Portuguesa de Artes Performativas.

O evento, que acontece de dois em dois anos, resulta da “recolha das melhores obras que são criadas em Portugal”, contando com a participação de diversos programadores do mundo inteiro, de acordo com o diretor artístico do Espaço do Tempo, Rui Horta.

“O grande objetivo não é só a organização do festival, mas que ele seja visto por programadores internacionais e costumamos atrair a Montemor cerca de cem programadores do mundo inteiro, o que é um grande utopia, porque Montemor é uma pequena cidade no Alentejo”, adianta Rui Horta. Tendo em conta que, com a pandemia, estes programadores não se vão deslocar até Montemor, para participar no evento, serão apresentadas online vinte peças, a partir do dia 20 de junho, e durante um mês.

Entre as seis peças selecionadas pelo júri e que serão apresentadas no PT 21 Fest encontram-se “Onironauta”, obra de grupo de Tânia Carvalho, “Amigos Imaginários”, de Rita Barbosa, “Nisto”, o último solo de Pedro Penim, “Hip. A Pussy Point of View”, de Piny, “O Eterno Debate”, de Teresa Coutinho, e “Bate Fado”, de Jonas & Lander. Serão ainda apresentadas “Reindeer Age #1”, de Bernardo Chatillon, e “Catarina e a Beleza de Matar Fascistas” de Tiago Rodrigues.

São apresentadas, por dia, duas peças, sendo que as mesmas sobem aos paldos do cineteatro Curvo Semedo, da Oficina Magina ou da BlackBox.

Tendo em conta a reduzida lotação dos espaços devido à pandemia, a organização aconselha a rápida reserva e aquisição de bilhetes, através dos seguintes contactos: 913 699 891 ou comunicacao@oespacodotempo.pt.

ProgramaPt21FestEspacoTempo