Bia Maia começa defesa do título com Matilde Jorge

bia maiaA brasileira Bia Haddad Maia, segunda favorita e 225.º do Mundo, atual detentora do título, terá como adversária na estreia a portuguesa Matilde Jorge. O quadro principal conta ainda com mais três jogadoras lusas (duas delas, que tal como a mais nova das manas Jorge) beneficiaram de wild card, Ana Filipa Santos e Carolina Azadinho, e uma, Francisca Jorge, que se apurou via fase de qualificação.
Começando pela nossa atual campeã nacional, dizer que a vimaranense terá como adversária a japonesa Chihiro Muramatsu, quarta favorita, ao passo que Pipa (Ana Filipa Santos) defronta outra nipónica, Eri Hozumi. Carolina Azadinho será obrigada a dar o seu melhor ante a experiente tenista ucraniana, Valeriya Strakhova.
No topo do quadro, a tenista que viajou da Geórgia, Mariam Bolkvadze, atual 221.ª do ranking WTA, e primeira cabeça-de-série, irá estrear-se em Montemor com outra tenista do país do sol nascente, Akiko Omae, e a turca Pemra Ozgen, terceira pré-designada e 240.ª, tem como primeiro obstáculo a japonesa Lily Miyazaki.
Na variante de pares, a dupla primeira favorita composta pela norueguesa Ulrikke Eikeri e a grega Valentini Gramatikopoulou terá como adversárias na estreia a britânica Freya Christie e a japonesa Lily Miyazaki, enquanto as segundas cabeças-de-série, as nipónicas Eri Hozumi e Akiko Omae defrontam a portuguesa Matilde Jorge e a ucraniana Elizabet Hamaliy.

Francisca Jorge, a mais experiente das tenistas lusas nesta variante, tem como parceira a brasileira Ingrid Gamarra Martins, e, na estreia, terá tarefa complicada uma vez que do outro lado do court vão estar a francesa Estelle Cascino e Mariam Bolkvadze, da Geórgia.
Entretanto, na ronda de acesso ao quadro principal, das quatro tenistas lusas ainda em prova, Francisca Jorge foi a única a avançar, triunfando ante a compatriota Sara Lança, por 6-4 e 6-0, ao passo que Matilde Morais, Debora Madile e Inês Oliveira não conseguiram encontrar argumentos para contrariar as suas adversárias. Matilde perdeu para a britânica Alicia Barnett, por 6-2 e 6-0, Debora Madile caiu ante a gaulesa Mallaurie Noel, por 6-1 e 6-2, e Inês Oliveira foi afastada pela australiana Olivia Tjandramulia, por 6-2 e 6-2. A chilena Barbara Gatica defrontou e venceu Elizabet Hamaliy, por 6-0 e 6-4 e a japonesa Hiroko Kuwata superou a britânica Sashi Kempster, por um duplo 6-3. De forma surpreendente, a eslovaca Ingrid Vojcinakova deixou pelo caminho a francesa Estelle Cascino, por 6-4 e 7-5. Finalmente, a russa Anastasia Tikhonova foi mais eficaz do que a britânica Freya Christie, a qual bateu por 7-5 e 6-2.