Just a Change entre 25 de julho e 8 de agosto em Alandroal para recuperar quatro habitações

JustAChange
Foto: Facebook – Just a Change

Alandroal é uma das dez localidades que irá receber o programa Camp In, da Just a Change, este verão.

Trata-se de um programa através do qual, tal como revela a responsável de comunicação desta associação sem fins lucrativos, Rita Lucena, se “reabilitam casas de pessoas carenciadas”. “Vamos para várias localidades do país, durante 15 dias, para reabilitar casas que estejam em más condições”, explica.

Para que o projeto seja uma realidade, ano após ano, a Just a Change abre candidaturas para voluntários. Desta feita, as inscrições abrem já esta terça-feira, dia 25, pelas 21 horas. “O único requisito que temos é que sejam pessoas maiores de idade. A maior parte dos nossos voluntários são jovens universitários, mas não nos restringimos a isso. Acolhemos todas as pessoas que quiserem vir”, adianta Rita Lucena.

Para fazer a inscrição, basta aceder ao site da Just a Change e preencher um formulário, sendo que, ninguém precisa de ter experiência em obras, uma vez que as intervenções são feitas com a participação de técnicos profissionais. “O formulário é muito simples, são poucas perguntas. É só para ficarmos com alguma informação do candidato e depois fazemos a alocação dos voluntários consoante a disponibilidade”, explica a responsável da Just a Change.

Neste programa de apoio às famílias mais carenciadas, a Just a Change conta com apoio das autarquias e juntas de freguesia. São estas entidades as responsáveis por identificar que famílias necessitam desta ajuda. “A Câmara conhece a sua população e tem acesso às necessidades destas pessoas. Depois é feito, em conjunto com eles, a escolha de quais a casas a intervencionar, conforme o plano de obras que cada uma precisa”, revela ainda Rita Lucena.

Os trabalhos, de um modo geral, envolvem questões como o isolamento das habitações, com novos telhados, portas e janelas. “Vamos refazer alguns pavimentos, vamos fazer casas de banho de raiz e trabalhar também novas redes de canalização”, assegura a responsável.

Tendo em conta a experiência de outros anos, Rita Lucena assegura que, depois do trabalho realizado, nas casas destas famílias carenciadas, “as pessoas ficam muito gratas”. “A experiência também passa por, durante estes dez dias, intensos, na presença dos voluntários, que por norma são jovens, muito enérgicos e alegres, que vão também trazer aqui alguma energia e companhia a estas pessoas que, muitas vezes, estão isoladas, e ajudá-las a ter uma casa digna e um dia a dia mais confortável”, remata.

No caso de Alandroal, entre o período de 25 de julho e 8 de agosto, serão requalificadas quatro habitações. Este ano, a Just a Change vai também chegar a Óbidos, Sever do Vouga, Faro, Loulé, Portimão, Lagoa, Vila Pouca de Aguiar, Tondela e Torres Vedras.