Pedidos de ajuda diários deixam Santa Casa de Montemor sem capacidade de resposta

SantaCasaMontemorHá muito que a Santa Casa da Misericórdia de Montemor-o-Novo vem a apoiar as famílias mais carenciadas do concelho, sendo que, na sequência da pandemia, os pedidos de ajuda, neste ano de 2021, cresceram, de tal forma, que a instituição já tem dificuldade em responder a todos eles. Como tal, o apoio da comunidade de todo o concelho torna-se fundamental.

Ainda assim, no ano passado, garante a diretora técnica da Santa Casa, Rita Oliveira, e por muito surpreendente que possa parecer, os pedidos não aumentaram como se esperaria. “Durante o ano de 2020, o acréscimo não foi muito significativo. Conseguiu-se gerir, conseguimos sempre a dar apoios, mas nada de anormal. Uma média de 20 cabazes mensais. A partir de janeiro, foi um boom“, explica.

Os pedidos de ajuda têm sido agora diários. “Há dias em que recebemos quarto ou cinco pedidos urgentes, de famílias, e só temos um cabaz. Precisamos de ter produtos que nos possam capacitar para dar a resposta acertada, no tempo acertado”, acrescenta.

Rita Oliveira adianta que, sempre que chega um pedido de ajuda à instituição, é necessário, antes de tudo, perceber se aquela família é, efetivamente, carenciada. “Nós não damos por dar e, às vezes, quando começamos a intervir com a família, percebemos que a alimentação era o menor problema. Cabe-nos a nós trabalhar a família num todo, mas ainda assim, não é possível trabalharmos qualquer família com o frigorífico vazio. Temos de garantir sempre o que é o mais básico”, revela ainda a diretora técnica da instituição.

Sem capacidade de resposta para todos os pedidos que têm chegado, a Santa Casa, por esta altura, e tendo em conta a necessidade de comprar equipamentos de proteção individual e de reforçar a sua equipa, precisa, mais que nunca, do apoio de todos aqueles que possam ajudar, com os seus donativos.

Apoio a famílias em situação de exclusão social do concelho de Montemor-o-Novo, banco de medicamentos, de vestuário e de alimentos, ajudas técnicas, atendimento psicológico e acompanhamento psicossocial são algumas das valências que a Santa Casa tem, ao nível da resposta social direcionada a famílias e à comunidade.