Câmara investe 150 mil euros para estabilizar talude de aterro em Lavre

AterroLavreApós a primeira intervenção, no talude de aterro, junto ao loteamento municipal de Lavre, a Câmara de Montemor-o-Novo irá, dentro em breve, avançar para a substituição da pavimento da faixa de rodagem, na Estrada Municipal 507, que liga Lavre ao Ciborro.

De acordo com o vice-presidente da Câmara, António Pinetra, a primeira obra, através da qual se procurou, sobretudo, estabilizar o talude e assegurar as condições de segurança para a circulação rodoviária, custou cerca de 150 mil euros à autarquia.

“É uma estrada bastante movimentada e, aqui em Lavre, este talude estava em perigo e começou a ter escorregamentos. Foi feita uma cortina de estacaria, fechando-a em betão, e depois foram interligadas com um muro, que permite agora fazer a sustentação deste talude”, explica Pinetra.

ObrasMontemorSegue-se agora a pavimentação da faixa de rodagem e a construção de uma conduta de abastecimento de águas. “A (conduta) que existe já tem alguns anos e muitos dos materiais já nem se usam. Vamos substituir toda a conduta neste troço urbano, de Lavre, assim como depois no Ciborro”, revela ainda o autarca.

A intervenção geral prevista, pela Câmara de Montemor, para a Estrada Municipal 507, entre Lavre e Ciborro, resulta num investimento de cerca de dois milhões de euros.