Évora: Alto de São Bento vai ter moinho de vento para moagem de cereal

moinho alto sao bento evora 2Os trabalhos de recuperação de mais um, dos cinco moinhos de vento do Alto de São Bento, em Évora, já tiveram início, desta vez para a sua função tradicional da moagem de cereal.

Carlos Pinto de Sá, presidente da Câmara de Évora explica que o objetivo é “ter uma referência etnográfica dos antigos moinhos de vento que existiam no Alto de São Bento, assim como a geologia, desta zona, que inclui a recuperação do moinho para mostrar como os antigos moinhos de vento funcionavam e faziam pão”.

Para além deste equipamento funcionar como “equipamento didático será uma nova atratividade para a cidade de Évora”, revela Carlos Pinto de Sá.

Os moinhos do Alto de São Bento integram atualmente o Núcleo Museológico do Alto de São Bento, recurso educativo Municipal criado em 2001, onde se desenvolvem atividades nas áreas das ciências naturais e ambiente, cidadania, história e património.

A recuperação estará a cargo da empresa Etnoideia, Lda, especializada em desenvolvimento rural, molinologia e etnoturismo. A primeira fase dos trabalhos será dedicada à construção de todo o “engenho” em madeira, de que não restam quaisquer vestígios materiais, seguindo-se os trabalhos de construção civil e reforço de estabilidade da torre e, finalmente, de montagem do engenho e capelo, representando este um investimento de cerca de 100 mil euros.