ZCAP de Arraiolos já foi desativada

ZCAPArraiolosA Zona de Concentração e Apoio à População (ZCAP) de Arraiolos foi já desativada, depois de ontem, 4 de março, os últimos utentes do Lar da Santa Casa da Misericórdia de Vimieiro, atingidos pelo surto da Covid-19, terem deixado aquele espaço que funcionou no Arraiolos Multiusos.

De recordar que a ZCAP de Arraiolos foi ativada, por indicação da Saúde Pública, depois de identificado o surto na Estrutura Residencial para Idosos (ERPI) da Santa Casa do Vimieiro.

A Câmara Municipal de Arraiolos em colaboração com a Associação de Reformados Pensionistas e Idosos de Igrejinha e com a Santa Casa da Misericórdia de Vimieiro, faz saber a autarquia em comunicado, “prestou o apoio necessário a estas instituições, aos idosos, funcionários, dirigentes e demais entidades chamadas a intervir na resposta aos surtos de Covid-19 que atingiram as suas Estruturas Residenciais para Idosos”.

A estrutura previamente preparada para a necessidade de eventual acolhimento de doentes foi utilizada para os fins validados pela Comissão Municipal de Proteção Civil de Arraiolos, em concordância com o parecer do delegado de Saúde Pública, assumindo a Câmara Municipal de Arraiolos o funcionamento da mesma, com as diversas entidades a disponibilizarem os recursos essenciais para o transporte e cuidados de saúde dos idosos atingidos pela doença Covid-19.

Durante este período, garante a autarquia, “foi necessário um esforço conjunto entre parceiros, nomeadamente, a Santa Casa da Misericórdia de Vimieiro, Saúde Pública, Unidade de Saúde Familiar Matriz de Arraiolos, Bombeiros Voluntários de Arraiolos e Guarda Nacional Republica”.

A Câmara Municipal de Arraiolos, a par dos equipamentos e pessoal inerente à utilização deste edifício municipal, forneceu as refeições a todos os utentes dos Lares, Apoio Domiciliário e Centro de Dia da Santa Casa da Misericórdia de Vimieiro e da Associação de Reformados Pensionistas e Idosos da Igrejinha, bem como o tratamento de roupa e o transporte dos colaboradores da Cruz Vermelha de Évora para a Igrejinha, entre outros apoios concertados com as autoridades de saúde.

Na ERPI de Vimeiro foram identificados 45 casos positivos de Covid-19, sendo que há registo de oito óbitos. Já na de Igrejinha, dos 24 casos reportados, cinco acabaram por falecer, devido à doenta.

A Câmara Municipal de Arraiolos “assumiu desde o início da pandemia o acompanhamento, o trabalho conjunto em parceria e a colaboração entre entidades, fomentando uma atitude positiva e de cooperação para atingir resultados positivos nesta batalha pela saúde”.

A autarquia agradece ainda aos trabalhadores da Câmara Municipal, aos colaboradores e às instituições intervenientes, pelo trabalho desenvolvido, deixando “uma palavra de solidariedade e desejo de melhoras a todos os doentes”.