Senhorio pode resolver contrato se inquilino não pagar renda há vários meses

pagamentoOs inquilinos que não pagam renda durante vários meses, e segundo uma rubrica do Dinheiro Vivo, em parceria com um gabinete de Advogados, especializado em arrendamento, concede ao senhorio o direito de resolução do contrato de arrendamento.

A falta de pagamento de rendas por prazo igual ou superior a três meses concede ao senhorio este direito, nos termos do art. 1083.º, n.º 3, do Código Civil.

Assim, se falta de pagamento das rendas for igual ou superior a três meses, e o arrendatário não puser fim à mora no prazo de um mês, o senhorio pode resolver o contrato, mediante comunicação à contraparte, efetuada nos termos legais. Após esta resolução de contrato o senhorio pode intentar ação de despejo, assim como receber as rendas em atraso, mediante ação executiva para pagamento de quantia certa, nos termos dos artigos 14.º e 14.º-A do Novo Regime do Arrendamento Urbano.