Município de Reguengos de Monsaraz vai implementar o projeto economia circular

economia circularO Município de Reguengos de Monsaraz vai implementar o projeto economia circular, que numa primeira fase pretende tratar as águas residuais das indústrias e posteriormente também as habitacionais para serem usadas, essencialmente, para rega, permitindo poupar este recurso tão precioso para o planeta.

Miguel Singéis, vereador do Planeamento, Ordenamento do Território, Urbanismo e Ambiente da Câmara Municipal de Reguengos de Monsaraz refere que ainda há uma necessidade de utilizar água tratada da rede para a manutenção de viaturas e rega dos espaços verdes, mas existe a “consciência que essa água pode ser poupada e usadas as águas residuais”.

O projeto Economia Circular levado a cabo pelo município pretende pegar nessa água residual, armazená-la, tratá-la e utilizá-la na rega, nas lavagens de viaturas e até mesmo para combate a incêndios, salienta o vereador.

Isto evita que se compre água, havendo aqui uma poupança não só financeira, mas também ambiental.

Reguengos tem cerca de quatro hectares de terrenos e uma parte e regada com água tratada da rede e a ideia e que toda a rega seja feita com água que já foi reutilizada.

O objetivo para o futuro é conseguir tratar mais água que possa ser usada nas habitacionais em instalações sanitárias ou máquina de lavar roupa, pois esta água tratada tem grande qualidade.