A partir de 4 de novembro medidas apertadas em 121 concelhos

António_CostaO primeiro ministro António Costa anunciou ao final desta tarde as novas medidas de combate ao Covid19 com insidencia em 121 concelhos do País, abrangendo cerca de 70% da população que deve obedecer a medidas de confinamento.

O SNS24 vai passar a emitir declarações provisórias para se poder cumprir isolamento profilático e que vão haver 202 novas camas para as Unidades de Cuidados Intensivos.

Uma das novidades no combate à pandemia passa pela mudança do critério para definir um concelho como tendo “risco elevado”. Será o critério usado pelo Centro Europeu de Prevenção e Controlo das Doenças, ou seja, quando taxa de incidência de casos atingir os 240 por cem mil habitantes nos 14 dias anteriores.

Como parte do esforço no combate à Covid-19, António Costa anunciou várias medidas de reforço do Serviço Nacional de Saúde, que incluem:

  • A disponibilização de 202 novas camas destinadas a Unidades de Cuidados Intensivos, sendo que 52 estão já disponíveis. Outros 50 chegarão até ao fim do ano e os restantes no primeiro trimestre de 2021;
  • Vai ser implementado um regime excecional da contratação de enfermeiros para Unidades de Cuidados Intensivos;
  • Vai passar a ser passada uma declaração provisória de isolamento profilático pelo SNS24, ou seja, vai ser possível justificar faltas ao trabalho com esta medida;
  • Contratação de enfermeiros já reformados para reforçar equipas de rastreamento de contactos;
  • Em janeiro vai ser aberto um concurso para contratar 46 médicos intensivistas