“Falta de assistentes operacionais resolvida pela autarquia”

ofertaescolaopA falta de assistentes operacionais tem sido um problema transversal a todos os estabelecimentos de ensino do concelho, sobretudo com a questão da pandemia e com todas as mudanças que tiveram que ser feitas no normal funcionamento dos estabelecimentos de ensino.

Paula Rondão Almeida (na foto), diretora do Agrupamento de Escola nº1 de Elvas, referiu-nos que “esta situação, com o apoio da Câmara Municipal de Elvas, está assegurada. O agrupamento recebeu um reforço de assistentes operacionais por parte da autarquia mas, é claro que nunca são demais”.

“Os assistentes operacionais têm uma grande sobrecarga mas estamos a conseguir, entre todos, que as coisas vão no bom caminho. Até aproveito a ocasião para parabenizar os assistentes operacionais pelo espírito de colaboração e por todo o trabalho que têm desempenhado este ano”, sublinhou.

O reforço de 1500 assistentes operacionais deverá chegar às escolas do país até ao final do primeiro período do ano letivo.