Queimas e queimadas proibidas até 30 de setembro

TiagoBugioA realização de queimas e queimadas está proibida até dia 30 de setembro uma vez que o país encontra-se a atravessar o período critico de combate a incêndios.

O comandante dos Bombeiros Voluntários de Elvas, Tiago Bugio (na foto), alerta para o facto da realização destas ações, “durante este período, ser considerado uso do fogo negligente, algo que, por lei, é crime”.

De acordo com a lei, a realização de queimadas só é permitida após autorização do município ou da freguesia, nos termos da lei que estabelece o quadro de transferência de competências para as autarquias locais, tendo em conta a proposta de realização da queima, o enquadramento meteorológico e operacional, bem como a data e local onde a mesma é proposta.

De recordar que cerca de 98% das ocorrências de incêndio, em Portugal, têm causa humana.