Évora ajusta trânsito automóvel no centro histórico

transitoCom o objetivo de melhorar a segurança e as condições de circulação de peões na Rua João de Deus, uma das principais vias do eixo pedonal do Centro Histórico de Évora, a Câmara Municipal decidiu eliminar a exceção que permitia o acesso para cargas e descargas na zona do entroncamento com a Rua das Galvôas.

A criação do lugar de cargas e descargas neste local da Rua João de Deus, “inicialmente destinado a facilitar as operações de logística dos comerciantes estabelecidos na zona, veio a revelar-se perturbadora para um espaço que se pretende de carácter puramente pedonal”, segundo a autarquia. O espaço passou a ser “constantemente utilizado por veículos em estacionamento abusivo, com os consequentes constrangimentos resultantes da realização de manobras que ocasionam o estrangulamento dos canais naturais de circulação de peões”.

Assim, a Câmara Municipal de Évora tomou a decisão de eliminar o lugar reservado a cargas e descargas na Rua João de Deus junto ao entroncamento com a Rua das Galvôas, transferindo-o para a bolsa de estacionamento existente na Rua de Santa Catarina, entre a Rua das Galvôas e a Travessa do Imaginário.

A Câmara Municipal de Évora evidencia “a certeza que a medida adotada, apesar de implicar alguns constrangimentos para os agentes estabelecidos na zona, vai no entanto ao encontro do interesse coletivo, promovendo a segurança dos cidadãos e a imagem pública da cidade”.