CERCIMOR retoma atividades de forma faseada

inauguracao_lar_cercimor_3.jpgA CERCIMOR, associação ligada à área da deficiência sediada em Montemor-o-Novo iniciou as suas atividades no início de junho, depois de meses parada devido à pandemia da Covid-19.

Cristina Saloio, assistente social nesta instituição diz que o regresso à normalidade está condicionado. Ainda assim, as atividades foram restruturadas para continuar o trabalho na intervenção precoce junto dos clientes e das suas famílias.

Na retoma do centro de formação, Cristina Saloio realça que houve necessidade de restruturar todos os circuitos e a forma como estão em sala, sempre respeitando as normas da DGS.

A assistente social refere que sentem necessidade de avançar um pouco mais para chegarem mais perto dos clientes, mas têm que ir com os devidos cuidados e adotar estratégias no contacto com as famílias, também elas em confinamento. Os concelhos abrangidos por esta associação são: Vendas Novas, Montemor-o-Novo, Mora e Arraiolos.

O Centro de Atividades Ocupacionais fez a sua retoma de forma faseada, até porque os profissionais de saúde alertam que nem todos os clientes devem voltar às suas atividades nesta fase.

O lar residencial ainda se encontra confinado, não havendo autorização para atividades exteriores. Existe uma necessidade de voltar ao normal, mas em primeiro está o bem dos clientes.