Ciclo de conferências ao ar livre na Herdade do Freixo do Meio

conferenciaO Espaço do Tempo promove, em colaboração com a Cooperativa de Usuários do Freixo do Meio, hoje e amanhã, um fim‑de‑semana de conferências, eventos, passeios e gastronomia, num das mais emblemáticos projectos de produção agroecológica do nosso país. Será um momento de encontro e partilha à volta de 4 conferências com temáticas actuais, obedecendo às mais exigentes regras de proteção sanitária, mas usufruindo de um belíssimo contexto rural e mantendo viva a nossa coesão e vontade de encontro. Com a moderação de Ana Sousa Dias e com a presença de figuras incontornáveis da nossa sociedade, o ciclo de conferências ao ar livre “Temos e não sabemos” será uma boa oportunidade para reflectir em conjunto, passar um bom fim‑de‑semana no campo e compreender melhor os desafios do momento actual.

As conferências terão lugar hoje, dia 11 de Julho, às 11h00 e às 17h00, e amanhã, 12 de Julho, às 11h00 e às 16h00. Após um momento de encontro, às 10h00, para café e leitura de jornais, cada conferência terá duração de cerca de 2 horas, incluindo tempo de diálogo com os assistentes. Estes momentos serão difundidos em streaming, na página do facebook do Espaço do Tempo.

Para além das conferências, estão previstas visitas de apresentação do Montado do Freixo do Meio, com Alfredo Sendim e Sven Johannsen, hoje, às 15h45. No final deste dia, às 21h45, debaixo de um zambujeiro milenar, a coreógrafa/intérprete Beatriz Dias apresenta-nos a sua primeira criação a solo, “Musculus”, uma performance site-specific, com música ao vivo de Miguel Lucas Mendes, que “leva-nos para um lugar ancestral habitado por uma misteriosa criatura, uma mulher animal, um ser erótico e poderoso, um grito do outro lado do tempo, um corpo saído da terra” (Rui Horta, O Espaço do Tempo). Amanhã, 12 de Julho, o dia começa bem cedo com um passeio matinal com o biólogo António Mira ou com uma caminhada contemplativa e meditativa guiada por Alfredo Sendim e Raquel Shakti.