Ministra da Coesão Territorial: “retoma vai ser mais rápida no interior”

Ana-maria-Pereira-Abrunhosa-Com o tempo quente e o verão à porta, mesmo em tempos de pandemia, o Alentejo poderá vir a ser uma das regiões de eleição dos portugueses e não só, para alguns dias de descanso.

A ministra da Coesão Territorial, Ana Abrunhosa, garante que a retoma do setor do turismo será mais rápida no interior do país, até porque a região vai ser privilegiada pelos turistas, dadas as suas características.

“Se há territórios onde nós acreditamos, porque temos sinais disso, que a retoma vai ser mais rápida é nos territórios do interior”, revela a ministra, lembrando que o setor do turismo é dos mais afetados pela pandemia.

“Estes territórios vão ser privilegiados pelos turistas, porque é onde podemos fazer turismo ao ar livre, de natureza, um turismo que não é de massas”, remata.

Experiências únicas a preços justos, através da boa gastronomia, de hotéis mais pequenos, da natureza e do cumprimento das normas de segurança sanitária, poderão fazer do Alentejo e de outras regiões do interior, a principal escolha dos turistas, este verão e no período pós-pandemia.