Alandroal: “compromisso dos empresários locais” faz a diferença na taxa de desemprego

Câmara-Alandroal-300x195Alandroal é um dos oito concelhos de todo o Alentejo que, num espaço de um ano, conheceu um decréscimo da taxa de desemprego, de acordo com dados divulgados pelo Instituto de Emprego e Formação Profissional.

Entre maio de 2019 e o mesmo mês deste ano, o concelho registou uma descida de 8,1%, para a qual contribuiu, de acordo com João Grilo, presidente da Câmara do Alandroal, a dinâmica de projetos ligados ao turismo e à agricultura, assim como as obras públicas, de natureza nacional, que decorrem no concelho.

Para além disso, revela João Grilo, o “compromisso que os próprios empresários locais fizeram de manterem os postos de trabalho, ligados à restauração e à hotelaria” permitiu com que “não só não houvesse um impacto muito sério, como uma melhoria dos números”.

João Grilo explica ainda de que a própria autarquia, através de programas destinadas a pessoas com deficiência, entre outros, permitiu que se “absorvesse parte do problema do desemprego”. “O nosso objetivo é manter esses números e melhorá-los, e ir estando atento para resolver, de imediatos, os problemas que possam surgir”, remata.

A par de Alandroal, Alvito, Castelo de Vide, Estremoz, Fronteira, Marvão, Monforte e Vila Viçosa foram os outros sete concelhos de toda a região Alentejo que contrariam a tendência, a nível nacional, do aumento da taxa de emprego, em tempos de pandemia.