Mérida suspende feira prevista para final de agosto

MeridaMérida não vai ter a sua feira anual, prevista para ter lugar entre o final de agosto e o início de setembro. Depois de Badajoz, com a Feira de São João, Cáceres e Placência, chega a vez do Ayuntamiento de Mérida cancelar a sua feira anual mais importante.

“A decisão foi tomada pela impossibilidade de controlar os aglomerados de pessoas”, afirmou o alcaide António Rodríguez Osuna, e, por isso, “evitar possíveis contágios” que milhares de pessoas numa feira, ainda que em campo aberto, propiciaria.

Por tradição, a Feira de Mérida reúne dezenas de milhar de pessoas, locais e visitantes, quer no recinto da feira, quer no centro da cidade. O Ayuntemiento promete “trabalhar numa aplicação de medidas municipais, para ajudar os profissionais de hotelaria e feirantes”, setores mais afetados por esta decisão.