Uma delegação do Bloco de Esquerda de Évora reuniu com a Diretora do Centro Local de Évora da ACT.

bloco esquerdaUma delegação do Bloco de Esquerda (constituída por membros da Distrital de Évora e da Plataforma Despedimentos.pt) reuniu na passada sexta-feira com a Senhora Diretora do Centro Local de Évora da ACT.

Uma reunião cordial e muito produtiva onde foram apresentados os sete casos
denunciados de abusos laborais existentes no Distrito, sobretudo oriundos de
grandes entidades empregadoras e que afetam centenas de trabalhadores, e
que estão expostos no site Despedimentos.pt.
Após exposição dos motivos, foi com agrado que o Bloco de Esquerda constatou
que dos sete casos expostos, cinco já foram alvo de ação inspetiva, tendo
havido o compromisso por parte deste Centro Local da ACT de analisar os dois
casos que ainda não haviam sido alvo de qualquer ação.
O Bloco de Esquerda salienta a importância da ACT e da sua ação inspetiva
para a prevenção e regularização de situações de abuso laboral que,
infelizmente, aumentaram em tempo de pandemia.
Como é do conhecimento público, o Bloco de Esquerda tem batalhado nos
últimos anos pelo reforço dos meios da ACT, pelo que sublinhamos o facto de
nos últimos meses ter havido um reforço, neste Centro Local, dos meios
humanos: entrada de 5 novos inspetores estagiários (atualmente a ACT de
Évora apenas tem 5 inspetores seniores), a existência de um concurso interno
para mais 3 e o reforço da equipa em 3 técnicos superiores.
Nesta reunião foi ainda abordada a situação distrital geral ao nível do emprego e
relações laborais e discutida a importância de alterar a legislação laboral no
sentido de devolver mais direitos e proteção aos trabalhadores.