Município de Marvão vai gerir a Quinta dos Olhos d’Água

marvaoO Município de Marvão vai ficar com a gestão da Quinta dos Olhos d’Água; o protocolo vai ser assinado a 3 de julho.

O ministro do Ambiente e da Ação Climática, João Pedro Matos Fernandes, anunciou, numa visita à Quinta dos Olhos d’Água no passado dia 22, que a gestão das infraestruturas deste emblemático espaço, que pertence ao Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF), vai passar para o Município de Marvão.

O protocolo de cedência da Quinta dos Olhos d’Água ao Município de Marvão vai ser assinado a 3 de julho, em simultâneo com o acordo de cogestão do Parque Natural da Serra de São Mamede, que envolve os Municípios de Marvão, Arronches, Castelo de Vide, Portalegre e o ICNF.

O modelo de cogestão desta área protegida foi apresentado, aos presidentes dos quatro municípios, pelo ministro João Pedro Matos Fernandes, numa reunião em que participou também o secretário de Estado da Conservação da Natureza, das Florestas e do Ordenamento do Território, João Paulo Catarino, e o presidente do ICNF, Nuno Banza. Nesta visita ao Alto Alentejo, os governantes visitaram também os trabalhos de intervenção da rede primária e da rede secundária de faixas de gestão de combustível, associadas à rede viária, que estão a decorrer no Parque Natural da Serra de São Mamede.

O presidente do Município de Marvão, Luís Vitorino, afirmou que “apesar de ser um processo que ainda tem que ser negociado”, fica “muito satisfeito com a decisão do ministro do Ambiente, porque há vários anos que o Município de Marvão luta por conseguir a gestão desta infraestrutura, de forma a reabilitá-la e a rentabilizar o investimento de cinco milhões de euros aqui realizado”. A assinatura deste protocolo, diz Vitorino, “vai viabilizar a utilização de uma infraestrutura abandonada há mais de uma década, que é um património único e muito importante, não só para o concelho de Marvão, como para toda a região”.