O Badoca Safari Park, está a passar por momentos dramáticos

BADOCAO Badoca Safari Park, está a passar por momentos dramáticos.

Segundo Francisco Simões de Almeida, sócio-gerente do parque “os prejuízos são enormes, porque o parque esteve quatro meses fechado e os meses mais fortes começam em março, precisamente quando o governo decretou o estado de emergência. Todos os anos recebem entre 15 a 20 mil crianças das escolas, a quinzena da Páscoa, é a melhor altura, também foi perdida e para o futuro ainda nada se sabe”.

Para Francisco Simões de Almeida,  a prioridade passa pelo bem-estar dos mais de 400 animais exóticos, integrados em programas de preservação e conservação.

Para fazer face aos  prejuízos, o parque lançou a campanha “O Badoca Precisa de Si”, nas redes sociais, a apelar à solidariedade de todos na alimentação dos animais e na remuneração dos trabalhadores.

Criado em 1999, o Badoca Safari Park é um parque natural com uma área de 90 hectares, localizado no litoral alentejano, que assumiu como objetivo a conservação e preservação das espécies, bem como a contribuição para a sensibilização ambiental.

Neste momento está a passar por dificuldades financeiras, devido à COVID-19, e por isso parque lançou a campanha “O Badoca Precisa de Si”, nas redes sociais.