Mais dois casos no Alentejo e 28 mortes em Portugal por Covid-19

covid_650Ao dia de hoje (sexta-feira, 17 de abril), há registo, de acordo com o último balanço da Direção-Geral da Saúde (DGS), de mais dois casos de infeção por Covid-19 no Alentejo, ascendendo agora aos 158 infetados. Na região, continuam a não se registar qualquer vítima mortal.

De ontem para hoje, Portugal teve mais 28 mortos, mais 181 infetados, menos 18 pessoas hospitalizadas, menos sete doentes em cuidados intensivos e mais 26 casos de pessoas recuperadas.

O número de mortos, no nosso País, devido à Covid-19, subiu para 657, enquanto o número de infetados pela doença é de 19.022. O número de vítimas mortais, em 24 horas em Portugal, subiu de 629 para 657, mais 28, um aumento de 4%. De ontem para hoje, o número de infetados cresceu de 18.841 para 19.022, mais 181, um acréscimo de 1%.

Os 657 mortos da Covid-19, em Portugal, estão registados 377 no Norte, 148 no Centro, 119 em Lisboa e Vale do Tejo, nove no Algarve e quatro nos Açores. As regiões do Alentejo e Madeira não têm casos mortais registados. Os 19.022 infetados, no nosso País, foram detetados 11.324 no Norte, 2778 no Centro, 4302 em Lisboa e Vale do Tejo, 158 no Alentejo, 305 no Algarve, 53 na Madeira e 102 nos Açores.

Relacionados com a Covid-19, o território nacional tem 135.113 casos não confirmados; 25.456 situações estão em vigilância; 4805 pessoas aguardam resultados; temos 1284 doentes hospitalizados (menos 18 que ontem); há 222 pacientes em unidades de cuidados intensivos (menos sete que ontem); temos 519 casos de pessoas recuperadas desta doença (mais 26 que ontem); e, desde 1 de janeiro passado, 158.940 é o total de casos registados.

Na última semana, em Portugal, as percentagens diárias de aumento do número de infetados, nas 24 horas anteriores têm sido as seguintes: sexta-feira 10 de abril 11%; sábado 11 de abril 3%; domingo 12 de abril 4%; segunda-feira 13 de abril 2%; terça 14 de abril 3%; quarta-feira 15 de abril 3%; quinta 16 de abril 4%; e sexta-feira 17 de abril 1%.