Portugal, 266 mortos e 10.524 casos; Alentejo zero mortos

corona_0

A mais recente atualização de números da Covid-19 em Portugal dá conta de 266 mortos e 10.524 infetados.

De ontem para hoje, em 24 horas, houve mais 20 mortos, mais 638 infetados, mais 17 pessoas hospitalizadas, mais seis doentes em cuidados intensivos e mais sete casos recuperados. Os números foram fornecidos pela Direção-Geral de Saúde (DGS), ao início da tarde deste sábado, 4 de abril.

Neste último boletim, a DGS informa que o número de mortes no Alentejo foi corrigido, de um para zero, de ontem para hoje. O caso mortal, ontem contabilizado como Covid-19, veio a ser revelado pela autópsia ter sido outra a causa da morte.

O número de mortos, em Portugal, de sexta-feira para sábado, subiu de 246 para 266, um aumento de 8%. No mesmo período, os casos de infetados cresceu de 9886 para 10.524, um acréscimo de 6%.

O Alentejo não tem vítimas mortais e o número de doentes infetados, nas últimas 24 horas, subiu de 62 para 63, um acréscimo de 2%. De acordo com dados fornecidos pela DGS, no Alentejo, há 40 casos em sete concelhos: 15 em Évora, sete em Reguengos de Monsaraz, seis em Santiago do Cacém, três em Grândola, três em Sines, três em Beja e três em Serpa. Os 2 casos restantes localizam-se em concelhos que apresentam apenas um ou dois casos, que a DGS contabiliza mas não divulga.

Os 266 mortos da Covid-19, em Portugal, foram registados 141 no Norte, 66 no Centro, 54 em Lisboa e Vale do Tejo e cinco no Algarve. As regiões do Alentejo, Madeira e Açores continuam sem casos mortais registados.

Os 10.524 infetados, no nosso País, localizam-se 6280 no Norte, 1372 no Centro, 2515 em Lisboa e Vale do Tejo, 63 no Alentejo, 182 no Algarve, 51 na Madeira e 63 nos Açores.

Relacionados com a Covid-19, em Portugal, há 65.045 casos não confirmados; 22.858 situações estão em vigilância; 5518 pessoas aguardam resultados; temos 1075 doentes hospitalizados (mais 17 que ontem); há 251 pacientes em unidades de cuidados intensivos (mais seis que ontem); mas já temos 75 casos de doentes recuperados desta doença (mais sete que ontem); desde 1 de janeiro, o total de casos é de 81.087.

As percentagens diárias de aumento do número de infetados nas 24 horas anteriores, na última semana, têm sido as seguintes: sábado 28 de março 21%; domingo 29 de março 15%; segunda-feira 30 de março 7%; terça 31 de março 16%; quarta-feira 1 de abril 11%; quinta 2 de abril 9%; sexta-feira 3 de abril 9%; sábado 4 de abril 6%.

Finalmente, a RNA repete os conselhos básicos, nesta fase pandémica: lave as mãos com muita frequência e mantenha-se o mais tempo possível em casa, pela sua saúde, pela saúde dos outros!